quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Exposição reúne brinquedos sexuais da Era Vitoriana

Uma exposição em Gloucestershire (Inglaterra) mostra alguns dos brinquedos sexuais com os quais muitas mulheres do fim do século XIX e do início do século XX se divertiam no apogeu da Era Vitoriana. 

Vibrador elétrico com acessórios exposto em Littledean Jail, antiga penitenciária transformada em salão de exposições:

Modelo mais básico fabricado pelo Doutor Macaura em 1890. Como não era elétrico precisava de giro manual:


Além de serem usados para obter prazer, os vibradores também eram aplicados para tratar o que os médicos chamavam de "histeria feminina".

Fotos: Barcroft Media/Other Images


segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Consumidor acha objeto estranho em garrafa de cerveja


Um consumidor de Rio Claro (SP) encontrou um objeto estranho dentro de uma garrafa de cerveja da marca Skol neste sábado (21). A bebida seria consumida em um bar, mas Rogério Gomes percebeu o problema antes de abrir a garrafa. A Ambev informou neste domingo (22)  que é necessária uma análise técnica da garrafa para afastar a possibilidade de violação da embalagem, situação verificada em diversas outras ocasiões.

A empresa afirma que preza pela qualidade de todos os seus produtos e, por isso, mantém rigorosos processos de controle em todas as suas linhas de produção. "Quando ocorre qualquer reclamação, o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) tem como procedimento padrão, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, substituir o produto para que o mesmo seja encaminhado para análise técnica", diz a nota enviada pela assessoria de imprensa.

Denuncia 

O coordenador de Vigilância Sanitária, Agnaldo Pedro da Silva, disse que o consumidor pode formalizar a denúncia e o órgão encaminhará ao Ministério da Agricultura e Abastecimento, que responde pelas cervejas.

O consumidor disse que não iria fazer boletim de ocorrência. “Eu acho que é um caso isolado, eles vão resolver, mas vão ter que me provar que nunca mais ocorrerá algo desse gênero no produto deles”, afirmou.




Noma: Doença que está apavorando a África

“Cancrum Oris” ou simplesmente NOMA é encontrado quase que exclusivamente em crianças desnutridas nos países mais pobres do mundo.


Trata-se de uma gangrena viciosa e mortal que corrói a carne ao redor da boca alastrando-se por toda a face, atingindo principalmente crianças de até 6 anos de idade.

Veja as imagens a seguir:






 Estima-se que 70 a 90 % das crianças assoladas por este mal, morrem, porém para aquelas que sobrevivem , resta a trágica situação de passar o resto dos seus dias com desfigurações tão grotescas a ponto de serem rejeitadas por suas sociedades.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que mais de 500 mil crianças são vítimas do NOMA na África.

Colombiano tem o pênis amputado após overdose de Viagra

Um fazendeiro e político do Sul da Colômbia teve o pênis amputado após overdose de Viagra

O homem de 66 anos, morador da pequena cidade de Gigante, confessou ter ingerido várias pílulas do remédio contra impotência a fim de satisfazer a namorada, relatou o jornal "La Nación". 

O abuso do medicamento deixou o colombiano, que não foi identificado, comereção constante. Inicialmente, o ex-vereador não se incomodou com o estado do seu pênis. Mas, alguns dias depois, as dores começaram a ficar insuportáveis.
Ao chegar a um hospital de Neiva, o colombiano recebeu um duro diagnóstico: o pênis estava inflamado, fratura e com sinais de grangrena

A amputação foi a única saída encontrada.
Foto: Reuters

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Conheça o frango que possui pele, carne, ossos e até órgãos na cor preta


Você sabia que existe carne de frango completamente preta?
Na verdade, quase ninguém sabe. Essa galinha tem sua carne, peles, órgãos e até os ossos em um tom bem escuro!
  Existem raças de galinhas com penas negras em todas as partes do mundo, especialmente na Ásia, mas esta mostrada na foto, além de incomum e curiosa, é encontrada com facilidade na China, daí seu nome: Silkie Chinês.
  As silkies são aves muito bonitas com uma plumagem bastante macia. Dizem que ao tocá-la de olhos fechados é possível sentir uma sensação de seda. Mas, embaixo de toda essa delicadeza esconde-se algo nada atraente.

Sua pele é em tom negro-azulado, a carne é escura também e até seus ossos e órgãos são assim. No mundo oriental, por incrível que pareça, ela é vendida para fins ornamentais, mas na China ela é extremamente apreciada por seu gosto único. Os chineses entendem que ela é um superalimento, talvez influenciados por suas cores.
  Chamado de “wu gu ji” ou “galinha de ossos pretos”, ela tem seu valor medicinal muito explorado há muitos séculos. As mulheres na China, em regiões mais afastadas, consomem sua carne após passar pelo processo de parto, o que forneceria uma grande energia, além de promover a recuperação de órgãos como pulmões e estômago, além de fortalecer o sangue. A carne raramente é frita, pois eles acreditam que cozinhando irão extrair melhor suas propriedades curativas.

Um estudo genético publicado em 2011 mostrou que essas galinhas têm uma característica chamada de fibromelanosis. Isso é causado por uma mutação genética raríssima: “um complexo rearranjo que leva ao aumento da expressão de endotelina-3, um gene que é conhecido por promover o crescimento de células que produzem pigmentos”.

Essa enorme expansão dessas células não só faz que a pele e os ossos sejam pretos, mas também seus órgãos internos. Outro aspecto interessante sobre as silkies é seu elevadíssimo teor de carnosina, um tipo de substância de ocorrência natural que é vendida como um suplemento dietético. Estudos já mostraram que seu consumo diminui os efeitos do envelhecimento, doenças como diabetes e autismo, além de aumentar a massa muscular.
  Quem provou disse que não é tão diferente de um frango comum, mas o sabor doce é mais acentuado.
Confira abaixo um vídeo mostrando o preparo:



Foto: Reprodução Shubert Ciencia / benjamin444 / steven_h_ng

Top 20 mais bizarras proibições ao redor do mundo

É justo levar uma multa por dar um beijo no metrô?
E o que dizer de ser multada por ser solteira e pular de pára-quedas no domingo?
Segue abaixo as 20 mais loucas proibições ao redor do mundo:
Austrália
Casais são proibidos de se beijarem na Austrália em metrôs e podem levar multa por isso. Tudo começou quando denúncias foram feitas sobre sussurros e gemidos amorosos que passageiros ouviam em alguns vagões. A justiça então criou mais de 42 penalidades para este comportamento.
Os condutores dos metrôs também podem parar o veículo e pedir para os casais se retirarem. Comer alimentos considerados “muito fedorentos” dentro do trem também dá multa.
Além disso, em Melbourne, é ilegal um homem aparecer em público usando um vestido “strapless”. A lei tem mais de 100 anos!
Flórida – EUA
Uma lei proíbe as mulheres solteiras, viúvas ou divorciadas de pularem de pára-quedas nos domingos. Quem descumprir paga multa ou corre o risco de ser presa.
Eboli, Itália
A cidade fica ao sul de Nápoles. Se beijar em um carro em movimento pode dar multa de até R$ 1.456,65!
Cingapura
Em uma tentativa de manter as ruas públicas limpas, uma lei muito eficiente proibiu, desde 1992, goma de mascar ou o famoso chiclete. Em alguns locais é possível comprar, mas precisa da autorização dos pais e só pode mascar dentro de casa. A importação de chicletes é extremamente rigorosa. A multa é mais de R$ 1.290,00.
Oklahoma – EUA
Neste estado americano você pode ser preso ou multado por fazer caretas para um cão. Além disso, existem outras leis igualmente bizarras: É contra lei ler uma história em quadradinhos enquanto dirige um veículo movido a motor e também é ilegal que um proprietário de bar permita que alguém dentro do estabelecimento fale de sexo com um búfalo. Oi?
Capri – Itália
Dois turistas já foram presos nesta cidade, de acordo com o jornal britânico Mirror, por andarem com sandálias excessivamente altas. Existe uma proibição sobre o uso de calçados que façam barulho. Essa é apenas uma de diversas leis bizarras que foram implementadas pelo prefeito para proteger a “segurança pública”.
Outro caso igualmente tosco ocorreu em Milão, onde um casal teve de pagar R$ 200,00 reais porque violaram o decoro público ao sentar nos degraus de uma estátua.
Além disso, o prefeito de Eraclea, local próximo de Veneza, proibiu a construção de castelos de areia ou crianças brincarem com caixinhas de coleta, impondo multas que vão de R$ 140,00 a R$ 702 reais!
Suazilândia
Em 1985, as autoridades do país proibiram os casais de fazerem amor em primaveras quentes. Além disso, também proibiram relações sexuais embaixo d’água correndo o risco de multa e até prisão.
Utah – EUA
Neste estado, na cidade de Salt Lake County, é ilegal andar nas ruas com um violino dentro de um saco de papel. Também existe uma lei contra a publicidade de leilões que contratem músicos para tocar trombone nas ruas.
Em todo o estado também é proibido que farmacêuticos vendam pólvora para curar dores de cabeça. Além disso, na cidade de Provo, jogar bolas de neve, mesmo que não acerte em ninguém, é passível de multa de R$ 68,00 reais.
Alabama – EUA
Na cidade de Birmingham é considerada conduta desordeira ter relações sexuais depois que o Sol se põe. Mas a lei não diz nada sobre ter intimidades à luz do dia.
Connecticut – EUA
Uma lei do século 18 proíbe qualquer pessoa ensinar ou tentar forçar a educação a um cão. Não se sabe se isso inclui levá-los em casas especializadas de treinamento.
Washington – EUA
É terminantemente proibido montar um cavalo que seja feio em público. A pena? Multa de R$ 649,00.
Irã
Uma lei muito antiga permite que os homens tenham relações sexuais com alguns animais domésticos, mas proíbe qualquer tipo de contato íntimo com animais selvagens, especialmente as leoas.
Iowa – EUA
Os homens são proibidos de piscarem para qualquer mulher se eles não tiverem certeza se estão dentro dos limites das fronteiras da cidade.
Ferrara – Itália
É proibido adormecer dentro de uma fábrica de queijo. Além disso, mulheres com péssima fama ou de reputação duvidosa são proibidas de entrarem em uma fábrica. A justificativa é que elas poderiam azedar o leite.
Grã-Bretanha
Uma lei do século 19, mas ainda em pleno vigor, torna ilegal que lojistas vendam dobradinha em um domingo.
Barbados
É proibido usar shorts no estilo de exército ou cáqui. Qualquer peça de roupa que você tiver com camuflagem, deixe-a em casa ou pagará uma multa pesada. Os únicos que podem usar roupas com camuflagem são os oficiais do exército.
Bolívia
As mulheres casadas de La Paz só podem tomar um único copo de vinho em um bar público ou restaurante. A justificativa é que as mulheres são “sexualmente negligentes” e podem pedir o divórcio para seus maridos se beberem demais.
New Jersey – EUA
É proibido sorver (fazer barulho) ao tomar uma sopa em um restaurante público para não irritar os clientes.
Indiana – EUA
Você não pode, em nenhuma hipótese, filmar abrindo uma lata de carne com um revólver. A pena é de 3 meses de prisão.
Frankfurt – Alemanha
Patinadores têm um limite de velocidade em 50 mph em qualquer pista de patinação.
França
Os patinadores são proibidos de calçarem os patins se estiverem bêbados.
Fonte: Mirror Foto: Reprodução / Maisestudos / JosiasdeSouza

É o fim do Gatorade? Conheça o Sport Beans

Nova jujuba promete substituir bebidas energéticas e calóricas.
  A Jelly Belly Candy Company está disponibilizando no mercado um novo produto para repor as energias dos atletas. Trata-se de uma espécie de jujuba (uma bala meio gelatinosa) que possui desempenho tão eficaz quanto às bebidas energéticas como o Gatorade. Nos Estados Unidos ela está sendo bastante difundida pela facilidade em carregá-la no bolso de qualquer short ou bermuda.

Estudos realizados pela UC Davis usaram ciclistas e atletas em várias séries de quatro ensaios de velocidades de 10 quilômetros consumindo diferentes suplementos de carboidratos e outro grupo utilizando apenas água.
  Os atletas conseguiram de 32 a 38 segundos de vantagem em comparação aos que apenas consumiram água. Além disso, todos os atletas que consumiram o Sport Beans terminaram a bateria de testes com a mesma “potência” daqueles que utilizaram os outros produtos tradicionais do mercado.
O site da empresa disponibiliza informações extras sobre o produto, bem como demonstra diversas apresentações do Sport Beans.

Nanopartículas usadas em cosméticos e produtos industriais podem estar causando danos em nosso DNA

As modernas nanopartículas de alta tecnologia podem estar afetando nossa saúde.
No nosso dia-a-dia estamos cercados por nanopartículas em uma vasta quantidade de produtos industrializados, e essa exposição a esta nova tecnologia pode estar causando sérios problemas na nossa saúde.
Pesquisa realizada pela Universidade de Copenhagen, na Dinamarca, apontam que as famosas nanopartículas usadas em cosméticos (protetores solares e antirugas), roupas, raquetes de tênis, tintas, meias e em algumas aplicações médicas, causaram danos no DNA de camundongos. As partículas provocaram arteriosclerose, câncer e doenças cardiovasculares.
  Um dos responsáveis pela pesquisa, o doutor Peter Miller, professor associado de medicina ambiental do Instituto de Saúde Pública, informou que devemos considerar as nanopartículas como um agente perigoso. O pesquisador está preocupado especialmente com doenças cardíacas e cancerígenas, mas infelizmente ele não pode afirmar o quão perigoso pode ser essa exposição a estas nanopartículas.
As pesquisas ainda precisam avançar para determinar quanto seria necessário se expor para sofrer danos. “Atualmente, nada sabemos sobre o quanto as pessoas estão expostas a este perigo”, disse ele.
Uma das nanopartículas mais bem estudada e famosa entre a comunidade científica é o C-60 (carbono 60, mais conhecido como fulerene) e os nanotubos produzidos unicamente de carbono.
O estudo foi dirigido de modo a alimentar os camundongos com fulerenes (carbono-60) ingeridos com água ou óleo. Após 24 horas do consumo todos os ratos estavam mortos. Análises feitas no DNA do pulmão e do fígado mostraram que a nanopartícula causou sérios danos no DNA, resultando em grande acúmulo de radicais livres. Um dos pontos curiosos é que o cólon não sofreu nenhum dano.
Os cientistas se espantaram, pois grande parte do fulerene ingerido passa pelo cólon antes de chegar no pulmão e no fígado. Imagina-se que isso ocorreu pelo fato das células do cólon serem substituídas mais rapidamente pelo corpo do que no pulmão e no fígado. A pesquisa foi publicada na revista Environmental Health Perspectives.
Existe uma preocupação mais acentuada quando pensamos em nanopartículas usadas em diesel. Esses produtos ao serem liberados pelo escapamento dos carros podem deixar essas partículas suspensas no ar, o que poderia ser facilmente absorvido pela respiração. Os danos causados pela inalação de algumas nanopartículas não foram bem estudadas e poderiam causar doenças sérias como o câncer das vias respiratórias.
Foto: Divulgação / Investirdinheiro

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Miniespécies e animais recém-nascidos fazem sucesso em imagens na internet

Existe coisa mais graciosa do que um bicho pequenino, daqueles que cabem na palma da mão? Certamente não. Ratinhos, pássaros, esquilos e até filhotes de porco-espinho fazem sucesso em uma série de fotos postadas pela web. Claro que eles não sofreram maus-tratos, foram apenas retratados por apaixonados pela natureza. Quer ver uma seleção sensacional? 

O pequeno hamster dorme na mão de uma pessoa (Foto: Marjolein/onebigphoto.com)

Bebês esquilos só nascem duas vezes ao ano: na primavera e no verão (Foto: Alex Kaufman/onebigphoto.com)

Tubarão-cobra: Vídeo mostra cenas raras de um verdadeiro fóssil vivo


O tubarão-cobra é uma espécie de tubarão primitivo.
Isso porque existem fósseis do animal datados de dezenas de milhões de anos, e ele não mudou suas características físicas durante todo este tempo.
Pensava-se que estava em extinção há várias décadas até que um exemplar foi capturado em Shizuoka, ao sudoeste de Tóquio, Japão. Os cientistas tentaram manter o tubarão vivo em tanques especiais, mas infelizmente ele morreu algumas horas após a captura, devido a sua saúde já debilitada.
Seus dentes são um show de estranheza. Suas fileiras são bastante separadas. Cada dente é pequeno, cada fileira é afiada como uma agulha, com aspecto extremamente pontiagudo, chegando a ter 300 dentes no total. Este formato único e diferenciado é especial para capturar sua presa preferida, a lula.
  Seu habitat natural é em locais com mais de 1.000 metros de profundidade. As filmagens do vídeo  abaixo são de autoria do Parque Marítimo Awashima. Os funcionários capturaram o animal com 1,6 metro para realizar testes genéticos.
No momento da captura, ele se comportava de modo estranho, como se estivesse desorientado ou em péssimas condições de saúde. Confira:


Vaidade: Atleta de 18 anos morre após tomar comprimidos para queimar gordura

Um talentoso jogador de rugby morreu após tomar pílula para perder gordura corporal.
Chris Mapletoft, de apenas 18 anos, morreu em sua casa após tomar DNP, uma substância química facilmente adquirida na internet, usada de modo perigoso para estimular o corpo a consumir sua própria gordura.
Embora seja banida no Reino Unido e em diversos países para consumo humano, a substância tóxica não é ilegal porque é utilizada como pesticida químico.
O aluno brilhante era o melhor jogador do time e ganhou várias medalhas e troféus por suas atuações. Sua morte não é a primeira associada com a substância, diversos casos já foram registrados na Inglaterra.

No início de 2013, Sarah Houston, 23 anos, estudante de medicina, morreu após ingerir a substância juntamente com um antidepressivo receitado por seu médico.
A morte é terrível. Pessoas que têm uma overdose de DNP “cozinham” literalmente de dentro para fora, porque o organismo é estimulado a ficar superaquecido.
Mapletoft morreu em 18 de junho, mas na época pensava-se que o motivo era uma meningite. Só agora as investigações foram concluídas e o caso solucionado. A substância DNP é a 2,4-dinitrofenol.
A polícia tenta descobrir em que site ele adquiriu o produto. Oficialmente, a DNP não é legitimamente usada como suplemento alimentar ou medicamento.
É um veneno que interfere no modo normal que o corpo atua em seu ciclo de gordura. Isso pode levar, como neste caso, a morte por superaquecimento”, comentou um porta-voz do órgão responsável pela análise em Mapletoft.
O DNP, que é bastante popular entre fisiculturistas, tem sido associado a 62 mortes em todo o mundo. Na noite de sua morte, Mapletoft tomou mais de 2 banhos gelados tentando resfriar o corpo, mas sem sucesso.
A substância foi lançada em 1930 com a finalidade de emagrecimento, mas foi proibida para consumo humano após 8 anos por seus gravíssimos efeitos colaterais.
Esquerda: Sarmad Alladin, 18 anos, morreu em janeiro depois de tomar a substâcia. Direita: Sarah Houston, 23, morreu após misturar a substância com antidepressivos. Foto: Reprodução / MailOnLine
Afinal, o que é DNP?
É uma substância vendida como um auxiliar na queima de gordura e na manutenção do peso. É extremamente perigoso para a saúde humana, de acordo com dezenas de médicos especializados em metabolismo.
Ela é vendida principalmente na internet com diversos nomes diferentes, então fique atento se na composição química existe o nome 2,4-dinitrofenol.
É usado por fisiculturistas para perder o máximo possível de peso, aumentando demasiadamente a ação do metabolismo. O produto é de cor amarela e sem cheiro. É muito usado como herbicida e fungicida.
Os sinais clássicos de intoxicação usando o DNP são: agitação, náuseas, vômitos, rubor na pele, sudorese, tonturas, dores de cabeça, respiração rápida, batidas irregulares no coração. Estes sintomas podem levar ao coma e, posteriormente, a morte por superaquecimento.Fonte: DailyMail Foto: Reprodução / MailOnLine

Garota de Salvador encontrou um rabo de rato em refrigerante da Coca-Cola


Uma moradora da cidade de Camaçari encontrou algo terrível em seu refrigerante.
  Moradora dos arredores de Salvador, a jovem postou várias fotos em suas redes sociais para relatar o caso.
  De acordo com informações do portal Itapoã Online, Mariana Gueb comentou que ao abrir a garrafa, notou que existia algo estranho: “Por pouco minha mãe não chegou a consumir o produto”.

Ela ainda comentou: “Além desses casos que podem ocorrer um processo industrial, coisa que não deveria acontecer por conta do controle de qualidade que as empresas dizem ter, ainda tem os males para a saúde com o alto grau de corante que é cancerígeno”, disse.
  Diversos casos como este acontecem pelo Brasil e pelo mundo. Alguns fazem parte de sabotagem de alguns concorrentes industriais, outros são forjados pelas próprias pessoas em busca de indenização. Poucos casos são provados como verídicos. Quando isso ocorre, a justiça sempre é favorável ao consumidor nas ações judiciais.
Fonte: ItapoaOnline  Foto: Divulgação

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Jovem surta e tem desarranjo intestinal em brinquedo de parque


Um jovem totalmente apavorado se tornou hit na web. Tudo por causa da reação dele ao "curtir" um brinquedo com catapulta em um parque de diversões. Usando uma camisa do Jets (o que pode indicar que ele seja de Nova York), o jovem surtou e gritou desesperadamente quando o brinquedo foi acionado. E gritou novamente para dizer que havia sofrido uma desarranjo intestinal

Clique aqui e assista

domingo, 15 de setembro de 2013

Cobra dentro de bebida com álcool há 3 meses acorda e pica dedo de chinesa

Shajiu é um tipo de bebida muito tradicional, feita com cobras venenosas.
  Geralmente usa-se cobras com grande teor de veneno em uma preparação de “conserva” usando um tipo de cachaça bastante alcoólica. O veneno da cobra é neutralizado pela bebida e, graças às essências naturais que a serpente libera, os asiáticos acreditam que isso forneça vitalidade e energia.
  É uma bebida muito consumida em vários países da Ásia para curar ou tratar problemas de saúde, mas para uma mulher no nordeste da China, a história não acabou tão bem assim.
O ocorrido, apesar de ser bizarro e ‘quase inexplicável’, ocorreu com uma bebida que havia sido preparada há 3 meses. Ao abrir o pote, a cobra, mesmo estando dentro do álcool por tanto tempo, deu o bote e atacou a senhora.
  De acordo com o Yahoo japonês, o fato se deu na cidade de Harbin, na província de Heilongjiang. Ela (que não quis ter seu nome revelado) resolveu tomar a bebida porque sentia fortes dores nas articulações. Um amigo resolveu apresentar a bebida para que as dores pudessem ser aliviadas.

Após tomar toda a bebida, a senhora abriu a garrafa para tentar derramar mais álcool, mas ao abrir a cobra começou a se contorcer e saltou para fora da garra. Ela conseguiu picar seu dedo. Aos ouvir os gritos, sua família foi alertada e levaram-na para o hospital.

Para quem pensa que a história é “conversa para boi acordar, porque ele já dormiu”, saibam que existe uma explicação. Incidentes como este não são tão raros como alguns pensam.
Ao diminuir o metabolismo e a freqüência cardíaca, as cobras são capazes de entrar em um estado de hibernação. Esta serpente, em particular, conseguiu se manter viva por mais de 3 meses neste estado, uma vez que o recipiente em que estava não era completamente hermético.
O caso ganhou os portais de notícias em países como China, Japão, Mongólia e Coréia do Sul.
Fonte: Yahoo JP / RochetNews24 Foto: Reprodução / Wewastetime / PacSafe

Alerta: Misturar Red Bull com Vodka pode causar intoxicação?


Misturar álcool com bebidas energéticas para ficar mais “ligado” poderia prejudicar sua saúde?
É muito comum a mistura em diversas casas de shows e em comemorações com amigos. Segundo o professor Peter Miller, as preocupações crescem a cada dia sobre os danos que essa mistura pode causar, o que poderia gerar níveis mais elevados de intoxicação.
Pesquisas mostram que 3 em cada 4 estudantes universitários na Europa e nos EUA bebem, regularmente, energéticos como o Red Bull misturados com Vodka.
  Mas o real papel desempenhado por essas bebidas ainda está em pesquisa e muitos trabalhos só pesquisaram a mistura de energéticos com baixíssimas concentrações de álcool, o que não reflete o mundo real, diz o professor Miller que é especialista em psicologia na Universidade de Deakin, na Austrália.
Embora alguns cientistas tenham concluído que “as pessoas não devem se preocupar com os riscos”, muitos não sabem que alguns desses estudos foram financiados pelos fabricantes dessas bebidas, de acordo com declaração do portal britânico DailyMail.
De acordo com ele, em uma recente conferência na Austrália, 4 dos 5 pesquisadores que apresentaram os resultados sobre a mistura de álcool com bebidas energéticas estavam recebendo apoio financeiro da Red Bull. Ele comentou a afirmação no British Medical Journal.
  O professor Miller ainda ressalta que os testes em laboratório não consideram os níveis reais de consumo de álcool e energéticos por uma questão ética, tornando o laboratório um ambiente restrito.
Eu não estou insinuado uma relação causal aqui, simplesmente uma associação. Há preocupações sobre o papel que a Red Bull está tendo, especialmente no apoio à participação de conferências de pesquisadores cujos resultados e conclusões são favoráveis”.
  As pesquisas atuais ainda não conseguiram provar nenhum efeito tóxico da mistura. Além disso, estudos não apontaram o aumento de lesões no fígado por ingerir energéticos com bebidas alcoólicas.
Apesar disso, pesquisadores argumentam que mais estudos são necessários de modo independente para que o conhecimento gerado seja livre de qualquer possível influência.
Fonte: DailyMail  Foto: Divulgação
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...